Missão

“Fortalecer e desenvolver a agricultura familiar de base agroecológica na Chapada Diamantina com ética, responsabilidade social e ambiental”.

 


 

Objetivo

“Congregar produtores orgânicos e biodinâmicos e prestadores de serviços, que em sua área de ação desenvolva atividades econômicas relacionadas com a cadeia produtiva agrícola e pecuária, produzidos de acordo com o manejo orgânico e biodinâmico, baseados em princípios agroecológicos.”

 


A Experiência da Cooperbio

Em 2003, agricultores produtores de café orgânico, dos municípios de Abaíra, Bonito, Ibicoara, Piatã, Rio de Contas e Seabra, se reuniram para, juntos, buscarem a certificação orgânica de seus produtos.

Em 2007, criaram a Cooperativa de Produtores Orgânicos e Biodinâmicos da Chapada Diamantina – COOPERBIO, com fins de realizarem a comercialização, tendo como principal produto o café arábica.

Desde então, os cooperados têm se empenhado na produção de cafés especiais, com qualidade superior, já tendo exportado para a Alemanha, Inglaterra e Austrália.

O mercado interno, especialmente de cafeterias e lojas especializadas em produtos orgânicos, também é um dos nossos públicos-alvos.

A COOPERBIO está inserida em uma região com características favoráveis à produção de café, com altitudes entre 1000m e 1400m, sendo uma das principais atividades econômicas da região, com potencial de produção de cafés de excelente qualidade. Os agricultores familiares são os principais produtores que movimentam essa economia na região.

Outra característica da região é o turismo que atrai muitos estrangeiros e turistas de todo o Brasil para conhecer suas belezas naturais. O ponto mais alto do Nordeste, o Pico do Barbado, com mais de 2000m de altitude, fica próximo à comunidade de Catolés de Cima, em Abaíra, e a subida passa pelas lavouras de café dos agricultores cooperados.