Agroecologia

A Agroecologia é uma tecnologia que permite aos agricultores familiares produzir sem o uso de agrotóxicos e com a preocupação de preservar o meio ambiente, proporcionando segurança alimentar e geração de renda, através da inclusão socioprodutiva. É considerada um processo de transformação social, na medida em que utiliza novas técnicas de produção agrícola, tendo como base princípios de sustentabilidade voltados a promover segurança alimentar, conservação do meio ambiente e empreendedorismo rural.

Muito mais do que garantir alimentos saudáveis para o consumo das famílias beneficiadas, também é um instrumento de valorização econômica da propriedade com práticas agrícolas que se mantêm por longo prazo e agregam valor aos alimentos produzidos.


 

Agricultura Orgânica

Esse modo de produção não permite o emprego de produtos sintéticos, prejudiciais à saúde e ao meio ambiente. É totalmente proibido o uso de fertilizantes químicos e agrotóxicos, como também plantar sementes modificadas geneticamente.

Os alimentos produzidos dentro da filosofia orgânica possuem qualidade superior à de alimentos cultivados da forma convencional. Nesse sistema é dada preferência a adubos e controles de pragas naturais.

Além dos agrotóxicos e dos fertilizantes químicos, também são vedados os produtos reguladores de crescimento. Como aliados ao uso de fertilizantes orgânicos e ao controle natural, é fundamental a manutenção do solo, sua proteção dos raios solares e das gotas de chuva, assim como a rotação de culturas, o aumento da biodiversidade e a consorciação no plantio.


 

Agricultura Biodinâmica

A agricultura biodinâmica é originária das teorias de Rudolf Steiner, junto com a medicina antroposófica e a pedagogia Waldorf. Essa filosofia, praticada na Cooperbio, trouxe como consequência a renovação do manejo agrícola, a sanação do meio ambiente e a produção de alimentos realmente condignos ao ser humano. Esse método quer devolver à agricultura sua força original criadora e resgatar a cultura de cada comunidade, força que vem se perdendo no processo agroindustrial, direcionado à monocultura e à criação de animais com métodos antinaturais.

A Agricultura Biodinâmica faz uma relação espiritual-ética com o solo, com as plantas, com os animais e com os seres humanos.